A jornada do stroopwafel em São Paulo


#1

( Comecei a escrever isto em Outubro, pouco depois de ler alguns textos que considerei incompletos. Só consegui terminar de escrever agora! )

Se for à Holanda de passagem, adora doces e laricas e não quer ficar com crise de abstinência ao ter que ir embora, fuja desta delícia! Pode parece relativamente simples de se fazer. Mas não é.

Em São Paulo, existem poucas e complicadas opções à altura dos originais. Na verdade, só encontrei duas ao longo dos últimos 20 meses longe do fornecedor legítimo, e ainda assim nenhuma delas incluem a "dose semanal tamanho família", fresquinha feita na hora com uma calda de chocolate. Os empacotados, ainda que excelentes, não são a mesma coisa.

A primeira decepção veio com Oma Beppie. Encomendei crente que eram biscoitos fáceis de fazer, bastava ter mercado. Achei até que tivesse mercado! Seco.

Depois vieram:

  • Moinho Wafers;
  • "Maravilhas do Mundo" - de longe o pior de todos, encontrei no Mambo
  • Casino - francês, vendido no Pão de Açúcar
  • Cacau Show
  • Starbucks

Há poucos meses uma amiga me falou de um que ela encontrou no Sams Club. Engraçado que foi o mesmo que encontrei na *** mas na época não achei que era tão bom. Talvez o preço tenha entrado no sabor. Uns R$30 por um pacote com 8. Oito. Quase todos pacotes até então vinham com 10. Daelmans. Contudo, acredito que o da Sams Club é, até agora, o mais fiel que encontrei. R$25 por um pacotão com 3 pacotes menores e com 8 recheados em cada. Ainda não é comparado aos tradicionais, como do Albert Heijn por exemplo... Mas é muito bom.

Daí finalmente consegui viajar para Holambra, e ver se encontrava algum feito na hora. Nada. Pelo menos a Martin Holandesa foi uma ótima surpresa. Longe de ser igual aos originais, é muito bom. Tem um sabor distinto, mais forte e mais doce. Também faz entrega por sedex, basta telefonar e pedir! Mesmo estes não são infaliveis. Peguei vários pacotes e alguns foram melhor que outros. Talvez também não seja muito bom conservar por muito tempo.

Na volta ainda passei na Leidenaar, no Shopping Parque das Bandeiras em Campinas, que também é gostoso, mas também deixou a desejar na minha opinião.

Mais tarde encontrei uma holandesa que trouxe biscoitos de lá e diversas pessoas que já conheciam a larica experimentaram os tradicionais em comparação com o da Martin, e preferiram a versão brasileira. No dia, eu tive que concordar. Tudo muito subjetivo...

Hoje fiquei sabendo de um carioca, Happy Waffles, que parece ser bom, mas suspeito que não seja muito diferente do Oma Beppie ou tantos outros que seria melhor feito na hora e que no transporte perdem muito do sabor!

Enfim, pretendo ir editando isto ao longo do tempo.